segunda-feira, 30 de maio de 2011

SANTO ANTÔNIO, SÃO JOÃO, SÃO PEDRO

AS MUITAS HISTÓRIAS,
COMIDAS E CRENDICES
QUE FAZEM O MÊS DE JUNHO
O MAIS CELEBRADO NO BRASIL
MÊS DE COLHEITAS
Não é por acaso que a comida está ligada aos festejos juninos. Junho é mês das colheitas, e o ciclo das festas de São João que tem sua origem nos antigos cultos agrários pagãos, nos quais o homem primitivo homenageava o sol, símbolo da vida e da fertilidade da terra.
Neste tempo a relação do homem com a terra era muito forte e os ritos da fertilidade do do plantio estavam associadas à fertilidade humana.
Ainda na Idade da Pedra, o homem descobriu que em determinadas épocas do ano o sol nascia e se punha em quatro diferentes pontos do horizonte, e que essas datas correspondiam ao ínicio das estações _ época de grandes alterações climáticas.
Esta descoberta deu origem a festas coletivas, como a do sol. O astro-rei era homenageado com o fogo, a luz suprema. Aproveitando essa tradição, que atravessou milênios sem grandes mudanças, a Igreja Católica associou-a ao nascimento de São João Batista. É comum encontrarmos a imagem do santo dentro de um círculo representado pelo sol. No Nordeste, onde o São João coincide com o início da colheita do milho, estão as festas mais representativas. 

13 DE JUNHO - SANTO ANTÔNIO
o santo casamenteiro
24 DE JUNHO - SÃO JOÃO
protetor das colheitas e da prosperidade
29 DE JUNHO - SÃO PEDRO
protetor dos pescadores
Neste mês caipira o ar é perfumado de cheiros e aromas, onde as receitas são inúmeras e deliciosas. As noites são frias com muitas estrelas e lua grande no céu. Dias de simplicidade e que trazem a tona as nossas raízes de um povo cheio de festas e hospitalidade.
CHIQUE NU URTIMO!!!

Nenhum comentário:

IMPRIMIR ESTA RECEITA