domingo, 13 de março de 2011

AÇAFRÃO

Açafrão Benefícios, Propriedades, Produção, Usos, Culinária, História acafrao flor tempero
O açafrão é extraído dos estigmas de flores da variedade Crocus sativus, a qual é originária das Índias Orientais e do Meio da Europa. A planta possui folhas arroxeadas e compridas; a flor e seus adjacentes são amarelos, cor Púrpura  e avermelhados. É produzido como uma arte, pois para a preparação de 1 Kg de Açafrão são processadas manualmente cerca de 100 mil flores e retirados seus estigmas (filetes). Não é de se estranhar que é, atualmente, a especiaria mais cara do mundo.
HISTÓRIA DO AÇAFRÃO
Essa especiaria é pelo menos tão antiga quanto a escrita, e consta em registros de tempos muito antigos. Da China ao Egipto, da Grécia a Roma, o açafrão sempre foi apreciado pelo seu aroma requintado e propriedades medicinais. É no século X que os árabes introduzem o cultivo da planta em Espanha e hoje, o país produz mais de dez toneladas, das quais apenas um quarto se destina ao consumo interno.
NA CULINÁRIA, NA MEDICINA, NA TINTURA
Utilizado desde a Antiguidade como especiaria, principalmente na culinária mediterrânea, normalmente em risotos, caldos, massas, molhos, arroz, sopa de peixe, Bacalhau à espanhola e aves. Na Espanha, é item essencial da Paella. É usado para dar uma coloração amarelada ao arroz e em sopas e massas e na indústria alimentícia como condimento, corante natural e aromatizante.
Na Culinária e nas Confeitarias costuma-se empregar o açafrão para dar uma cor agradável aos alimentos.
Possui propriedades digestivas, emenagogas, antiespasmódicas, eupépticas e sedativas. São empregados nos casos de asma, coqueluche, histeria, Contra os cálculos dos rins, do fígado e da bexiga. Oito a dez estigmas, em infusão, são suficientes para um chá. Para combater as hemorróidas, aplicam-se cataplasmas quentes, preparados com o infuso desta planta (três gramas para uma xícara de água). Consumo desaconselhável para mulheres grávidas.
Combate a tosse causada pela bronquite crônica, ansiedade, insônia. No Brasil, há estudos sobre os princípios ativos do Açafrão para o tratamento do câncer de pele. Porém em doses altas é tóxico, abortivo e produz graves transtornos nervosos e renais.
É também usado há milhares de anos para tingir tecidos, pois quando seca desprende de seus órgãos uma tinta amarela e um óleo volátil.
Veja mais sobre ERVAS E ESPECIARIAS.

Nenhum comentário:

IMPRIMIR ESTA RECEITA