sexta-feira, 17 de junho de 2011

CUSCUZ

Sabe um jeito de bolo, mas não é bolo....

Assado, mas ainda não é bolo. E é cozido em cima da chama do fogão numa panela própria, a cuscuzeira. Em Minas Gerais já vi ser preparado no fogão a lenha, no prato fundo, enrolado em pano de prato, virado para baixo, cozinhando lentamente no vapor da panela cheia d'água fervente...
Cuscuzeira improvisada, jeitinho mineiro...

200g de flocos de milho para cuscuz (encontra-se em supermercados,existem várias marcas)
2 colheres (sopa) cheias de açucar
50g de coco ralado (o de flocos grandes fica mais gostoso)
1 pitada de sal
Flocos para cuscuz
Misture em uma vasilha e acrescente:
3 colheres (sopa) de leite de coco
1/2 xícara (chá) de água colocada
aos poucos e mexendo sempre
Misture, fica uma massa úmida, não muito molhada.
Por isso a água deve ser colocada aos poucos.
Talvez nem precisa usar toda.
Coloque água na cuscuzeira,
conforme instruções do fabricante.
Coloque a grade
Arrume a massa do cuscuz e aperte delicadamente
com a colher, só para firmar a massa.
Aqui passei por cima manteiga de garrafa ou pode ser manteiga comum, deixa o cuscuz macio e mais saboroso.
Leve ao fogo baixo, cozinha lentamente.
Quando a água ferver, vai soltar um cheirinho...
Quando fica pronto? Enfia um garfo, ele fica firme. Depois que a água ferve e ele solta uma fumacinha leva de 8 a 10 minutos e pronto!
Desenforme o cuscuz com cuidado, segure o pino do meio com um pano ou luva.

ACEITA COM CHÁ OU CAFÉ?

MINEIRIDADES
A colher de chá? Substituí por um pau de canela.
Além de ser um charme, ainda deixa um suave sabor.
"Trem de mineira, Uai!!!"

Um comentário:

jpccc disse...

PARABÉNS VOU FAZER

IMPRIMIR ESTA RECEITA