sexta-feira, 13 de maio de 2016

DIA NACIONAL DO CHEF DE COZINHA - 13 DE MAIO

Cozinhar é uma das mais antigas atividades humanas, surgida por volta da sete mil anos atrás, quando o homem adquiriu meios seguros de obter e dominar o fogo. 
Já o ofício de cozinheiro, não se sabe exatamente quando surgiu, mas relatos de suntuosos banquetes na corte da  Mesopotâmia por volta de 3000 a.C., por exemplo, confirmam que essa é uma profissão antiqüíssima e, também, mostram que a comida sempre foi um importante elemento nas relações sociais e de poder. 
Justamente por isso, os cozinheiros, que através de sua arte, contribuíam para o aumento do prestígio e do poder daqueles a quem serviam, acabavam por conquistar, eles próprios, prestígio e regalias que os distinguiam entre os seus pares.
Quem prepara os pratos são os cozinheiros, os chefes planejam a execução do prato, o pré-preparo, o preparo, a finalização, a qualidade dos alimentos e os métodos de cozimento. 
Os cozinheiros são geralmente comandados por um chefe.
Ao escolher a profissão de cozinheiro é preciso ter em mente que se trata de uma carreira que, como no exército, possui graus hierárquicos a serem conquistados e que, para se atingir o topo dessa hierarquia, é preciso muito esforço, dedicação, aprendizagem, treino e, sobretudo, gostar do que se faz - e gostar muito. 
Mesmo, assim, isso não basta. É preciso, ainda, possuir características como criatividade, espírito de liderança, organização, capacidade de ensinar, ousadia e muita personalidade para se chegar lá. 

“Nem todo soldado se torna general. Nem todo cozinheiro chega a chef de cozinha”. 

Não há curso que substitua a prática "de campo" nem para o soldado nem pro cozinheiro. Mas, como no exército, cada elemento tem seu papel e sua importância dentro do grupo e sem o trabalho de todos não há resultado possível.
 O chef de cozinha é o profissional responsável pela seleção dos ingredientes, pela preparação dos pratos, pela combinação dos sabores e pela sua apresentação. 
É de responsabilidade do chef de cozinha manter a ordem e a higiene na cozinha, além de coordenar seus auxiliares no preparo dos pratos. 
Para ser um chefe de cozinha é necessário que o profissional se interesse pelos alimentos e pela sua preparação. 
Além disso, outras características interessantes são: responsabilidade; higiene; metodologia; bom senso; facilidade de misturar sabores; capacidade de exercer liderança; espírito inovador; gosto por fazer experiências. 

A gastronomia invadiu outras áreas do entretenimento e da cultura. Nas livrarias, ganhou destaque com variedade de títulos e edições luxuosas, que ultrapassam os R$ 300,00. 

O “cinema do gosto”, como são chamados os filmes da área, ganhou um catálogo de mais de 30 filmes na última década. Só neste ano, foram três destaques: os americanos Chef e A 100 passos de um sonho e  o belga Bistrô Romantique. 

Cozinheiros também invadiram o cinema verdade. 
O que mais chamou a atenção foi "Por que você partiu", que narra a história de notórios chefs franceses que vivem no Brasil. 
CURIOSIDADES
Ao longo da evolução da sociedade, o processo de alimentação passou por várias etapas. Após a passagem do Período Paleolítico para o Neolítico, quando o homem passou de caçador e coletor para agricultor, a fixação à terra trouxe maior abundância de sabores. Foi assim que surgiu a forma mais primitiva de comércio, a base de trocas naturais, pois as pessoas tinham que complementar suas alimentação com produtos que não produziam. 
Com o passar do tempo, técnicas de conservação foram sendo criadas e produtos como ervas aromáticas e sal se tornaram cada vez mais valiosos. Por isso, a busca pelas especiarias foi um dos grandes objetivos do final da Idade Média e início da Idade Moderna. As grandes navegações, com objetivo de chegar as Índias movimentaram a economia nessa época e possibilitaram o descobrimento de muitas outras regiões. 
Muitos gênios conhecidos também se voltaram a culinária, como Leonardo da Vinci, que inventou vários acessórios de cozinha, como o esmagador de alho, e regras de etiqueta, além de muitas novas receitas. 
A culinária também é um elemento cultural importante na cultura de um país, pois ela reflete muitos aspectos como o clima, a agricultura, a população, etc. 
O Brasil é um país com uma cultura culinária muito vasta, o que reflete a condição de país tropical e a facilidade na produção de diversos gêneros alimentícios.
 Texto: Compêndio de reportagens e Bernadete Guimarães




Nenhum comentário:

IMPRIMIR ESTA RECEITA