quinta-feira, 30 de março de 2017

ALFACE...ALFACE....SABE IDENTIFICAR?

Para não ficar perdido na hora de escolher, como selecionar a variedade certa para cada receita ou salada.
ALFACE LISA
Possui sabor suave, folhas soltas e, como o próprio nome diz, lisas. É um dos tipos mais apreciados no Brasil. 
ALFACE FRISADA
É conhecida também como alface frisée. Contém quantidades razoáveis de vitamina A, niacina, vitamina C, cálcio, fósforo e ferro. Não é um tipo de alface muito fácil de encontrar à venda, mas é perfeita para saladas que levam acompanhamentos de sabores fortes. 
ALFACE AMERICANA
Tem o formato arredondado que lembra um repolho. Sua folhas são mais crocantes e se apresentam em camadas. Se adapta melhor ao calor de outros alimentos sem danificar crocância e sabor. Muito utilizada em sanduíches e saladas que contêm ingredientes quentes, este alface possui um valor nutritivo bem inferior comparada aos outros tipos. 
ALFACE ROXA
Contém uma quantidade maior de antioxidantes comparada às outras alfaces. 
ALFACE ROMANA
Com folhas verde-escuras, longas e crespas, este alface também contém folhas soltas. 
ALFACE MIMOSA
Pode ser encontrada nas versões verde e roxa. Tem as folhas bastante entrecortadas que lembram os formatos de galhos de arvores. Esta alface é superdelicada e muito saborosa. 
ALFACE CRESPA
É a mais comum entre todos os tipos de alface. Rica em fibras, auxilia na digestão e no bom funcionamento do intestino, além de apresentar pequenos teores de minerais como cálcio e fósforo. Tem o formato semelhante a alface lisa com folhas soltas, porém forma pequena ondinhas no topo das folhas. 




Como escolher 
Basicamente escolha o mais bonito e viçoso. Alfaces são vendidos por unidade, então se você não tem um grande consumo não compre o maior, pois esse vegetal é bem delicado e estraga rápido. Se notar as folhas quebradas, amareladas ou com uma 'gosminha' verde escura não compre, pois ela já está bem estragada. 

Dicas 
A alface deve ser servida separada do molho da salada, porque assim não murcham quando servidas e ainda poderão ser guardadas separadamente, servindo para outros pratos. 

As folhas externas da alface, (aquelas de cor verde mais escura) são mais ricas em vitamina A . 

2 comentários:

César disse...

Oi Bernadete
Estava procurando uma receita de asinhas no espeto e dei de cara com seu blog. Achei a receita bem interessante e bastante didática, com fotos muito boas. O que aconteceu? Resolvi navegar no blog!!!!! Maravilhoso. Pena que não havia encontrado antes. E comida mineira!!! Nossa, que delícia. E que receitas. Tudo muito bem explicado, fotografado e sei que foi experimentado. De dar água na boca, encher os olhos de prazer e o estômago a borbulhar de vontade. Passei a ser seu fã e já naveguei até 2010. Pena que em muitos dos posts mais antigos, tipo 2011 e 2010, as fotos tenham desaparecido, o que desilustra um pouco os textos, mas o mérito ainda é seu pelo preciosismo e cuidado com que coloca os assuntos. Obrigado e continue sempre. Parece que ultimamente tem diminuído as inclusões no blog. Claro que é porque o trabalho deve estar aumentando. Mas sempre encontre um tempinho e assuntos interessantes para postar.
Um forte abraço e parabéns pelo trabalho.
Antônio César

Bernadete Guimarães disse...

Que delícia César abrir os comentários e ter um deste tãao incentivador!
Pode ter certeza que é com muito carinho que são preparadas estas postagens.
Quanto ao desaparecimento, realmente trabalho e viagens, mas estamos aqui sempre que podemos.
As fotografias acredito que deve ter sido algum problema no servidor do blog, também notei o desaparecimento de algumas, fiz reclamações mas não obtive resposta ainda.
Obrigada pelas considerações e um grande abraço!

IMPRIMIR ESTA RECEITA