quarta-feira, 13 de julho de 2011

RISOTO COM COSTELINHA SUÍNA, LASCAS DE PEQUI E LINGUIÇA CALABRESA

Uma combinação de ingredientes da gastronomia de Minas Gerais, faz esta receita sofisticada no sabor, na leveza e na delícia do encontro.
2 colheres (sopa) de manteiga ou azeite
1 cebola grande picada
4 dentes de alho picadinhos
600g de costelinha suína cortada em pedaços pequenos (refogar na panela sem óleo, fogo baixo, até começar a fritar, retire e faça o mesmo procedimento com a calabresinha).
200g de linguiça tipo calabresa fina cortada em rodelas
250g de polpa de pequi escorrida 
PREPARO
Refogue até ficar transparente a cebola na manteiga ou azeite. Acrescente o alho e frite um pouco mais, até cheirar. Coloque a costelinha e calabresinha previamente fritas. Misture. Junte a polpa do pequi escorrida.
Despeje 1 litro de água. 
2 tomates grandes sem sementes e pele picados
1 pimentão verde pequeno sem sementes picado
1 pedaço de pimentão vermelho e amarelo picados
Misture e ferva por uns 5 minutos para apurar os sabores.
Acrescente 500g de arroz para risoto ou o seu arroz comum. Enquanto isso coloque mais 1 litro de água para ferver.
Logo que começar a ferver prove o sabor, a costelinha e a linguiça calabresa vão soltar um pouco do sal. Tempere a seu gosto, tempero pronto, sal. Neste momento acrescente cheiro verde picado a gosto, mexa.
Vá pingando a água fervente aos poucos mexendo sempre até ficar no ponto desejado de cozimento.
Despeje 400 ml de creme de leite, abaixe o fogo, misture delicadamente até encorpar todo o creme
Não deixe secar, deve ficar cremoso, molhado.
As lascas de pequi praticamente desaparecem, soltam a cor amarelada e dá o tom no risoto
Um vinho bordeaux mais jovem, mais suave, fechou perfeitamente este encontro de sabores.
Um queijo parmesão menos curado não tira o sabor tão marcante desta mistura de ingredientes que não brigam entre si mas traz harmonia deste o primeiro momento.
Domingo em família, comemorando a chegada de mais um membro de minha irmã Karina e Anderson. Um irmãozinho para Paula, minha sobrinha. Um brinde a vida!!!

Nenhum comentário:

IMPRIMIR ESTA RECEITA